PÁGINA PRINCIPAL            NOTÍCIAS            HISTORIAL            CAPAS DOS CADERNOS            CONCURSO LITERÁRIO            O EDITOR            CONTACTOS
 
PRAXES CONTINUAM A MATAR
26 abril 2014
De novo aconteceu uma outra desgraça durante uma praxe académica. Mais três jovens morreram em brincadeiras, toleráveis em crianças inocentes e inconscientes, mas impróprias de pessoas que já ultrapassaram a barreira da maioridade. Agora foi em Braga. Quatro meses depois da morte de outros seis jovens na praia do Meco, vítimas de praxes estúpidas e irresponsáveis, nem ministro nem reitores resolveram fazer alguma coisa. Quarenta anos passados sobre a queda...
 
PRAXES AVILTANTES
07 março 2014
O trágico desfecho do que se terá passado na praia do Meco, naquela noite de dezembro de 2013, quando os alunos cumpridores estavam dedicados ao estudo para os exames do primeiro semestre, está a dar um forte abanão às modernas praxes académicas. Como já muito foi contado, as praxes vêm já dos séculos passados e existiam unicamente na academia coimbrã, que é a mais antiga do país. A sua criação terá tido um nobre objetivo: a defesa do caloiro contr...
 
A CRUZ DO PAPA FRANCISCO
21 janeiro 2014
O Papa Francisco veio a este mundo, certamente, predestinado para modernizar a Igreja de Roma, cujo ultra-conservadorismo estava ameaçando de provocar a marcha para a sua extinção próxima. Pode dizer-se que o sucessivo e progressivo abandono dos crentes nos paises mais modernizados se deve a uma prática que estava completamente atrasada vários séculos. Mesmo sabendo que a tarefa papal não vai ser fácil e que os principais vértices da hierarquia eclesiásti...
 
O ALFA E O ÓMEGA - O PRINCÍPIO E O FIM
18 janeiro 2014
Quando se retira a última folhinha do calendário, as pessoas desejam-se umas às outras um bom Ano Novo, como se o tempo se dividisse em folhas A4, correspondendo cada uma delas a um ano civil. Se assim fosse, cada folha teria a sua cor e nós, virando a folha, encontraríamos uma folha de outra cor, sobre a qual nada saberíamos, porque o futuro a Deus pertence, como dizia a minha avó. Então, o que nos resta é a esperança, que é a chefe das virtudes. A fé s...
 
A ATIVIDADE CULTURAL EM FARO
15 dezembro 2013
Entrei no Algarve, pela porta de Portimão, no dia 6 de janeiro de 1960, e trabalhei na Câmara Municipal, que, devido a uma injustiça, abandonei para me fazer professor em Silves, durante três anos. Não fui infeliz e na cidade da Praia da Rocha nasceu a minha filha mais nova. O administrador da Engil foi-me buscar, aliciando-me para vir para Faro, com o fim de dirigir todas as obras do distrito, com direito a um salário melhor e comparticipação nos lucros. Ma...
 
NATAL DE HOJE
1 dezembro 2013
O verdadeiro espírito do Natal não está num pinheiro enfeitado com flores de algodão, bolinhas reluzentes e luzinhas a piscar. Este símbolo agrada efetivamente às crianças, mas elas não conhecem o significado da época festiva em que o pinheiro aparece, gostando do efeito mágico das cores e do aparato. Aliás, quando já o conhecem, é quando ligam este símbolo a uma altura do ano em que há presentes. Quando a tecnologia ao serviço do homem ainda andava...
 
O GRANDE TERRAMOTO
O sismo de 1755, também conhecido por Terramoto de 1755 ou Terramoto de Lisboa, resultou na destruição quase completa da cidade de Lisboa, atingindo ainda grande parte do litoral do Algarve. O sismo foi seguido de um tsunami - que se crê tenha atingido a altura de 20 metros - e de múltiplos incêndios, tendo feito certamente mais de 10 mil mortos (há quem aponte muitos mais). Foi um dos sismos mais mortíferos da História, marcando o que alguns historiadores ...
 
DECADÊNCIA DA RAÇA BRANCA
27 outubro 2013
Sabe-se que, nos países desenvolvidos da civilização ocidental, setenta por cento da população tem um baixíssimo índice de literacia, vinte por cento tem um índice médio e, nos restantes dez, o índice é mais elevado. São, naturalmente, valores arredondados e não têm correspondência proporcional com o coeficiente de inteligência. Seja como for, a verdade é que muito pouca gente lê e muito menos os adolescentes e os jovens. Assim, não é para admira...
 
A ILITERACIA DOS PORTUGUESES
5 outubro 2013
Foi dada recentemente a notícia de que 60% da população de Gaia tinha menos do 9º ano de escolaridade. Não duvido de que aquele concelho não será uma exceção e que a população, em geral, acompanhará parecida percentagem. Isso traduz-se por uma maioria significativa de iliteracia na sociedade lusa, com a lógica consequência de menor rendimento do trabalho e da produção e estará na causa da nossa falta de casos de inovação. É pena o INE não divulg...
 
O APERTO DE MÃO
3 setembro
O «aperto de mão», esse gesto social tão comummente usado pelos ocidentais, que efeito prático tem nestes tempos já entrados no século XXI? O Homem terá nascido, vivido e morrido na Terra, no mínimo, há oitenta milhões de anos, mas teremos notícias dele somente desde há doze a quinze mil anos. Daí para trás, quão lento terá sido o desenvolvimento do macaco-homem! Pelo Antigo Testamento, vemos que as tribos ou comunidades familiares eram nómadas, me...
 
ENGENHARIA FINANCEIRA
5 julho
No "Novo Dicionário da Língua Portuguesa, da Texto Editores, de 2007", pode ler-se que «engenharia» é a aplicação de conhecimentos científicos e empíricos à conceção de estruturas, dispositivos e meios de transformar e converter os recursos naturais de modo a contemplar as necessidades humanas. Este conceito baseia-se nas ações de criação e transformação exercidas pelo ser humano para chegar ao estado civilizacional atual. Trata-se, portanto, de at...
 
ALGUÉM DE BOM SENSO
8 junho
O governo anunciou para o fim do corrente mês a apresentação pública do projeto de reestruturação do Estado. Funcionário público aposentado, que sou, duvido que, em tão pouco tempo gasto, seja uma real reestruturação. Vamos a ver, mas parece-me que deverá ser apenas um esboço. Pelo que tenho ouvido aos governantes, o projeto visa mais reduzir as despesas públicas do que adaptar o sistema ao século XXI. A minha dúvida resulta do conhecimento, que ten...
 
A RAZÃO DESTA CRISE
19 maio
As crises sempre existiram e eram previsíveis pela economia. O que passou pelo ocidente foi um verdadeiro tornado destruidor, cujos destroços só poderão ser removidos com uma verdadeira «Política Nova», executada por «políticos novos», com «ideias novas», mas parecidas com as que nos orientaram até esta catástrofe. Antes, a culpa era da ganância dos capitalistas; agora foi da ganância dos financeiros, apoiando-se em políticos corruptos, desonestos, ...
 
A EVOLUÇÃO DA ESCOLA
16 maio
No tempo da guerra, que foi o da minha meninice, o trabalho infantil não era proibido; por isso, a grande maioria das crianças ficava-se com a terceira ou a quarta classe da instrução primária e entrava no mundo do trabalho por volta dos treze anos. Poucas seriam as freguesias do interior onde havia uma professora habilitada, que podia ministrar a quarta classe; aí, as aulas eram dadas por regentes escolares, geralmente mulheres com a escolaridade mínima, mas...
 
A RENOVAÇÃO E OS CICLOS
13 maio
Um dos fenómenos da natureza, que me maravilhou desde tenra idade, é a renovação anual dos seres viventes, pelo seu profundo mistério. Todos os seres vivos - animais e plantas, - se renovam, para que a vida não acabe sobre a Terra. Como cidadão urbano, que sou, observo mais facilmente as plantas, que se renovam anualmente, como se a vida renascesse da morte aparente, como Fénix renascida das cinzas. As árvores, depois de desfolhadas pelo outono, parecem fig...
 
LEGISLADORES E LEIS
26 abril
Temos alguns legisladores tão caraterísticos, que não sei se serão encontrados semelhantes por esse ocidente afora. Ou têm a inocência das crianças, ou a incompetência dos semianalfabetos ou a artimanha ardilosa dos criminosos. Sobre estes últimos, já vão aparecendo em público dicas indicativas de que o governo encarrega famosos escritórios de advogados de fazer certas leis, que resultam em caricatas peças de texto obscuro, emaranhado, em péssimo port...
 
ECOLOGIA E DESENVOLVIMENTO
18 abril
O estudo do ambiente, ou seja a análise do comportamento dos fenómenos da Natureza, da sua interligação, das suas causas e das suas consequências começou a ter maior expressão no último quartel do século passado e sem grande convicção. O governo não criou para isso um ministério, limitando-o a uma Secretaria de Estado, para cuja batuta foi nomeado o Arqº Ribeiro Teles. No resto do ocidente, as coisas foram iguais ou parecidas. Porque andam a patinar no...
 
PORTUGAL NASCEU SEM SORTE
17 abril
Esta época, que a nossa vida atravessa, permite toda a espécie de trapas-sas, que nem lembravam ao Diabo. O começo do séc. XXI foi uma des-graça. A descida da qualidade de vida entrou em aceleração, sucedendo o mesmo à economia. A corrupção, que já vinha dos anos 80, espalhou-se por todos os quilómetros quadrados que tem este retângulo lusitano. Enquanto umas dúzias enriqueceram, o povo ficou mais pobre, de ano para ano. Alguns banqueiros perderam comp...
 
 
copyright © 2009 - 2013 Cadernos Santa Maria. Todos os direitos reservados